Clube Desenhos Animados

Desenhos Animados

  • Noticias

  • Comentários

  • O Blog

    Oi Pessoal eu sou o dono desse Blog Maravilhoso. estava fora por algum tempo mas agora volteii. estou fazendo de tudo para que meu Blog esteja cada vez melhor. colocarei desenhos como OS FLINSTONES,BATMAN,JACK CHAN, E uma novidade!!!! colocarei filmes no meu blog em Breve. quero chegar a meta 1000 pessoas. espero com a ajuda de voces cada um que entrar no meu blog deixe seu comentario ficarei muito grato emtren em contato comigo: marcio.douglas007@hotmail.com www.corporacaocapsula.wordpress.com entrem e se divirtam.... WAU_classic('xj9844cltq4o')
  • Pessoas Passaram Por Aqui

    • 202,876

Scooby – Doo

Posted by marcio0 em outubro 22, 2008

Quando gravou a canção “Strangers in the night“, Frank Sinatra não podia imaginar que ela inspiraria o nome da mais longa série de desenho animado da história da televisão. O nome de Scooby-Doo vem de um trecho da música em que Sinatra canta “dooby dooby doo”.

Tudo começou na rede CBS americana em 13 de setembro de 1969, com Scooby-Doo, Where Are You! (Scooby-Doo, Cadê Você?). Os personagens foram criados por William Hanna e Joseph Barbera, pelo executivo da CBS Fred Silverman, pelos roteiristas Joe Ruby e Ken Spears e pelo desenhista Iwao Takamoto (O pai do Scooby – Doo). O título original era “Who’s Ssssscared?”. Fred Silverman queria um show que misturasse comédia e mistério, na mesma linha da sitcom americana “Dobbie Gillis”. Os primeiros desenhos eram muito assustadores e foram rejeitados.

Num vôo para Los Angeles, Silverman ouviu a canção de Sinatra e o “dooby dooby doo” não lhe saia da cabeça. Rebatizou o desenho de Scooby-Doo, Where Are You? e tornou um cão o astro do show.

Uma das imagens mais remotas dos desenhos é a dos episódios de Scooby-Doo que era acompanhados no “Festival de Desenhos” das tardes de 1974 na Rede Globo. Na opinião de muitos, é um dos maiores clássicos Hanna-Barbera, ao lado de Os Flintstones, Jonny Quest, Corrida Maluca e outros. Até hoje, rever as aberturas do programa, principalmente as da 1ª e 2ª temporadas, que se iniciam com morcegos sobrevoando uma mansão mal-assombrada com seu tema, leva de volta àqueles bons tempos em que o mundo era povoado com fantasmas e múmias, tudo em nome da diversão.

Versões

O sucesso de Scooby-Doo impulsionou os criadores da Hanna-Barbera a lançarem nos anos 70 outros desenhos na mesma fórmula “garotos e mascote investigando casos misteriosos”, como Goober e os Caça-Fantasmas, O Fantasminha Legal, As Panterinhas, Clue Club, Shmoo A Foca Fofa, Bicudo, o Lobisomem, entre outros. Mas nenhum deles repetiria o sucesso da trupe da Máquina do Mistério.

Scooby-Doo, Where Are You! (Scooby-Doo, Onde Está Você?) teve duas temporadas produzidas entre 1969-1971. Devido ao grande sucesso, deu origem a vários outros programas com Scooby ao longo dos anos. De 1972 a 1974, o show voltou com o título “The New Scooby-Doo Movies“, (no Brasil, Os Novos Filmes do Scooby) no qual nossos heróis encontram-se com estrelas do mundo pop e outros personagens Hanna-Barbera para solucionar mais mistérios: Os Globetrotters, Sonny & Cher, Don Knotts, Dick Van Dyke, A Família Addams, Batman e Robin, O Gordo e o Magro, Jeannie é um Gênio e Babu, Os Três Patetas. Quando possível, os próprios astros emprestavam suas vozes à versão desenho.

Por uma temporada em 1976, o grupo apareceu no Scooby-Doo-Dynomutt Show, apresentado com outro desenho: Dinamyte, o Bionicão. Juntou-se à trupe de Scooby um primo seu, Scooby-Dão (Scooby-Dum) e a cadela Scooby-Dee.

De 1977 a 1980 Scooby-Doo apareceu em Os Ho-Ho Límpicos (Scooby’s All Star Laff-A-Lympics), juntamente com vários personagens Hanna-Barbera, divididos em três equipes e disputando competições olímpicas. Scooby-Doo é o representante da equipe dos “Assombrados”.

Em 1979, Scooby ganhou um sobrinho: Scooby-Loo (Scrappy-Doo), uma versão menor, mas corajosa, tagarela e chata, do cão Scooby-Doo. Scooby, seu sobrinho e seus amigos humanos apareceram ainda em vários segmentos e aventuras por toda a década de 80. No Brasil, o cãozinho recebeu a voz do brilhante dublador já falecido Cleonir dos Santos. Scooby-Loo tem uma participação destacada no primeiro filme de cinema de Scooby Doo (com a voz de outro dublador, Guilherme Briggs).

Entre 1988 e 1991 um novo show foi produzido: O Pequeno Scooby-Doo (“A Pup Named Scooby-Doo“). Como estava em voga com outros cartoons na época, os personagens eram mostrados em sua infância, mas sempre às voltas com casos misteriosos.

Em 2002, Hollywood lança a versão em carne e osso do desenho Hanna-Barbera, com o cachorro Scooby-Doo totalmente criado por computador. O filme “Scooby-Doo – O filme“, dirigido por Raja Gosnell e produzido por Charles Roven, tem no elenco Matthew Lillard (Salsicha), Freddie Prinze Jr. (Fred), Sarah Michelle Gellar (“Buffy“) (Daphne), Linda Cardellini (Velma) e Rowan Atkinson (“Mr. Bean” ) (Mondavarious, o vilão da história), seguido por Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (2004).

Em outubro de 2003, foi lançado O que Há de Novo, Scooby Doo? (What’s New Scooby Doo?). São episódios inéditos do cachorro medroso e sua trupe. A grande novidade fica por conta da Internet. A partir de agora, a agência de investigação conta com o apoio da web para solucionar os misteriosos casos, por meio de um lap top.

Por último, em 2007 estreou no Cartoon Network o seriado Salsicha e Scooby Atrás das Pistas (Shaggy and Scooby-Doo Get a Clue). Nesta série, Salsicha e Scooby atuam sozinhos para ajudar o tio Albert Shaggleford contra o malvado Dr. Phybes, e, ao contrário das outras séries, essa segue uma seqüencia.

Mesmo com o advento do computador nos novos episódios de 2003, é interessante notar que apesar dos personagens atravessarem décadas solucionando casos misteriosos, perseguindo ou correndo de fantasmas, eles nunca se tornaram adultos ou tiveram seu figurino alterado, apesar das mudanças de moda ou dos tempos. Sempre o mesmo visual anos 60, de minissaias, lenços no pescoço e cabelos “a la Beatles“.

A dupla de dubladores de Scooby (Orlando Drummond Cardoso) e Salsicha (Mário Monjardim) continua emprestando suas vozes para seus personagens, tanto no cinema como na nova versão animada para TV.

Scooby-Doo lançou seu primeiro filme com estilos modernos, o que mostra que o desenho está se renovando dia-a-dia, Salsicha por exemplo, veste roupas modernas, já adaptadas as crianças, adolescentes e até adultos de hoje, Scooby-Doo fez amantes em todo o mundo foram centenas de dublagens para muitas linguas.

Personagens:

  • Scooby-Doo é o apelido de Scoobert-Doo, um cachorro covarde. Tem medo da própria sombra e, sem querer, acaba salvando a turma ou pegando os vilões. Sempre impulsionado pela promessa de um bom lanche, biscoitos caninos (os Biscoitos Scooby) ou caramelos. Ele encerra cada episódio “falando” “Scooby-Dooby-Doo-oo-oo !!!”
    • Salsicha Rogers que tem o nome de Norville, mas detesta o nome e gosta de ser chamado de Salsicha, é o seu dono, um sujeito magricelo e de aparência desleixada (seu nome em inglês – Shaggy – quer dizer “arrepiado”), sempre com um cavanhaque por fazer e com olheiras. Assim, como seu cão, Salsicha é covarde, medroso, faminto e divide com Scooby a paixão por guloseimas, sanduíches, sorvetes e outras delícias. Tem pavor dos fantasmas e é o primeiro a não querer participar dos casos. Sempre se dá mal com os vilões, mas acaba dando sorte e os capturando com ajuda de Scooby (sem querer, claro!). É o mais engraçado da turma e o mais criativo, quando tem que se esconder dos fantasmas. É dele o bordão que dá título ao desenho em inglês: “Scooby-Doo, cadê você!?”, e ainda a frase “Que tal um lanchinho, Scooby?”.
    • Fred Jones, corajoso, é o líder do grupo, sempre ávido por um novo mistério. Cria engenhocas para se defender dos inimigos. Suas frases preferidas são: “Talvez nós possamos ajudar a resolver esse mistério”, ou em outras situações: “Vamos cair fora, turma!”, e também: “Vamos nos dividir turma” às vezes e em outras: “Vamos nos separar e procurar pistas”.
    • Daphne Blake, patricinha, é o alvo preferido dos vilões que, muitas vezes, a raptam. Sua frase preferida: “Esse lugar me dá arrepios!”. Daphne foi inspirada em Indira Stefanianna Christopherson, dubladora dos estúdios DePatie-Freleng, que, além da voz, emprestou seus traços para a criação da personagem.Ela e Fred tem um lado amoroso,mas nunca assumem!
    • Velma Dinkley é uma garota inteligente e cheia de idéias que desvenda os mistérios com Fred. Sempre com alguma tirada científica, encontra soluções lógicas para resolver casos complexos. Suas principais frases são “Hum… Acho que finalmente estou começando a entender esse mistério” e “Meus óculos… não consigo ver sem meus óculos”.

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

     
    %d blogueiros gostam disto: